Copyright © 2007 - 2019 - Aulas de Bolsa - Todos direitos reservados

cadastro@aulasdebolsa.com.br - São Paulo - SP - Brasil

Esse é o mercado que mais movimenta dinheiro na B3

February 15, 2019

Imagine que um pequeno investidor percebeu uma ruptura de alta no Índice Bovespa para os próximos três dias. Então, ele adquire um mini contrato de venda que deriva sobre esse índice.

 

Ele teve que desembolsar R$ 2.500 para fazer sua posição inicial. E nos primeiros dois dias, a sua previsão se concretiza, a bolsa subiu 5.000 pontos.

 

Nesse momento, o investidor faturou R$ 1.000. No entanto, no terceiro dia, o índice recua 2.500 pontos, cortando pela metade o ganho da operação. Assim, ele fica pessimista em relação à subida e resolve liquidar sua operação no mesmo dia.

 

Como é um mercado de alta liquidez onde bilhões são negociados diariamente, o pequeno investidor consegue zerar a sua posição rapidamente e sair com R$ 3.000  no bolso.

 

Custos para Operar Mini Contratos

O custo total de uma operação no mercado futuro vai depender bastante do contrato que será movimentado. Assim, são levados em consideração o seu tamanho e a sua complexidade.

 

Então, fique atento a esses valores antes de abrir qualquer tipo de operação.

 

Em mini contratos da BM&F, como índice, mini índice, dólar e mini dólar, a taxa de corretagem incide em cada papel que foi negociado. Ou seja, ela é aplicada em cada contrato.

 

Além disso, existem outros valores que são cobrados no mercado futuro dependendo da sua operação, como:

 

Percentual do mini dólar

Se você for negociar um mini contrato, você vai precisar depositar apenas uma margem. E esse valor depende exclusivamente da sua corretora.

 

Corretagem

Cada corretora cobra um valor de corretagem por contrato. Normalmente, o valor para Day trade é menor do que para Swing trade.

 

Em alguma corretoras os valores por Minicontratos (Dólar e Índice) são os seguintes:

Day Trade: R$ 0,25 / contrato

Posição: R$ 0,75 / contrato

Zeragem de Posição: R$ 5,00 / contrato

 

Essas taxas podem variar. Cheque o valor atual na sua corretora.

 

Custo unitário específico

O custo unitário de cada contrato é calculado para as taxas de registro variáveis ou para os emolumentos de um contrato.

O seu cálculo é feito da seguinte maneira:

Custo unitário = P, onde "P" é o custo médio apurado para a taxa de registro variável ou para os emolumentos.

 

Emolumentos

Os emolumentos são calculados no último dia útil de cada semana pela Bolsa de Valores para serem aplicados durante toda a semana seguinte.

 

A bolsa é quem cobra e executa os emolumentos de cada operação.

Esse valor é variável, mudando de acordo com o tipo de contrato futuro e com o volume que foi negociado.

 

Além disso, esse custo incide na abertura ou no encerramento de posição antes da sua data de vencimento.

 

 

Diferente do que acontece na compra de ações, o emolumento nos mini contratos é um valor fixo.

 

Então, se você comprar 20 contratos de índice futuro, por exemplo, será acrescido R$0,81 no valor de cada contrato que você adquiriu. Além, é claro, da taxa de registro de R$0,90.

Política de Incentivo

Para os mini contratos, existe a cobrança de 21% do custo unitário que foi previamente calculado para a taxa de registro variável e para o emolumento.

 

Para as aplicações Day trade, essa porcentagem é de 30% e de 34% para os minicontratos.

 

Quer Saber mais, Baixe o App Aulas de Bolsa. #ADB

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

A Bolsa de Valores está em alta, o número de investidores está aumentando. Você está preparado? Ou só assistindo pela TV?

September 13, 2017

1/6
Please reload

Posts Recentes

February 17, 2019

February 12, 2019