Quais são os melhores investimentos de baixo risco?


O brasileiro muitas vezes tem como a única forma de investimento a caderneta de poupança, sendo que muitas das vezes ele não reconhece que existem outras maneiras de se aplicado o dinheiro. Não é raro ver que as pessoas têm medo de investir valores mais altos em locais onde não tem total confiança, algo bem comum e que realmente pode ser de grande ajuda para evitar em furadas.

O que poucos sabem é que existem outras formas seguras, ou seja, que oferecem baixo risco de investimento e que podem ser mais rentáveis do que a famosa caderneta de poupança. O artigo de hoje irá apresentar três dessas forma de investimento, cada uma com sua vantagem e desvantagem.

Tesouro Selic

O Tesouro Selic é uma das formas de se aplicar no Tesouro Direto, este que é ligado ao Governo Federal. Sua taxa de segurança tende a ser mais alta até do que o da caderneta de poupança, sendo que muitos especialistas indicam que os riscos são extremamente aproximados do zero.

O Tesouro em questão, em 2017, está tendo uma baixa nos lucros o que pode servir como oportunidade, apesar de que o planejamento de retirada não deve ser a curto prazo, mas se for o caso, existe diversas opções de títulos do Tesouro, com vários períodos de curto a longo prazo . Outros Tesouros Diretos podem ser avaliados para servir de aplicação.

Certificado de Depósito Bancário (CDB)

O Certificado de Depósito Bancário funciona basicamente como uma forma de você emprestar o seu dinheiro para o banco para que esse pode promover transações bancárias a outros clientes, como empréstimos. A segurança do CDB vem do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), o mesmo da poupança.

A principal vantagem é que dependendo do banco que receberá o investimento, o lucro pode chegar até o dobro do conseguido com a caderneta. A desvantagem dessa aplicação é devido ao valor de investimento mais alto, que em alguns bancos pode fazer um requerimento inicial de R$ 500 ou mais.

Letra de Crédito Imobiliário ou do Agronegócio (LCA e LCI)

A Letra de Crédito também é coletada por bancos que buscar investimentos para atuar em determinados setores como o do Agronegócio (LCA) ou Imobiliário (LCI). A aplicação também conta como FGC como segurança, sendo que sua maior vantagem está na isenção do IR, devido à incentivos do governo para esses setores.

Quanto as desvantagens, esses são investimentos que servem para o médio e longo prazo. Resgatar os valores antes da hora pode acarretar na queda do percentual de lucros que poderiam ser obtidos.

  • Vamos para a Prática então?

Ótimo! Então, sugiro fortemente o curso: Começando na Bolsa de Valores.

Depois disso começar a investir será muito fácil!

Aproveite essa grande oportunidade, dúvidas e informações, deixe seus comentários logo abaixo e responderemos o mais breve possível.

Forte Abraço e "A hora de investir é agora"

#educaçãofinanceira #economizar #Poupança #Finanças #curso #Aposentadoria #Investimentos

30 visualizações

        Copyright © 2007 - 2020 - Aulas de Bolsa - Todos direitos reservados

cadastro@aulasdebolsa.com.br - São Paulo - SP - Brasil